Tchau, tchau 2017

Lembro-me da virada de 31/12/16 para 1/1/17 como se fosse mais ou menos ontem. Neste dia eu tinha passado a virada na igreja junto com a minha avó. Eu tinha criado mil e umas expectativas que imaginava me acontecer comigo neste ano... Mas sabe quando você coloca expectativas de mais na vida, sendo que certas coisas você possa não está preparada pra isso, e bom nem tudo, depende de você? fui eu naquele dia. Eu falava "finalmente as coisas irão mudar", a cada dia daquela primeira semana de 2017 foi uma esperança estacada no meu peito. Mas agora aqui faltando poucos dias para o fim deste ano, eu não vivi as coisas que eu imaginei e sim as que nem imaginava. A maioria dos medos que eu sonhara perder, eu ainda não os perdi. E os meus sonhos? eu os senti muito mais distantes de mim e da realidade a qual me encontro.

Ás vezes acho que idealizo as coisas demais dentro da minha cabeça, porque quando a vida me chama pra viver algo, é sempre o inesperado, eu sinto um receio de vivenciar, porque quase nunca é algo que eu esperei. Mas percebi que o que acontece no hoje, é o que estou realmentw preparada pra viver, e as coisas que eu sonho pode esperar, até porque nada é pra já. Eu aprendi que tudo tem seu momento certo.

Eu percebi que tenho medo do desconhecido e das coisas que me acontecem subitamente. Eu acho que isso tem haver com meu transtorno de ansiedade, o que é bem ruim, e me fez passar sensacoes horriveis neste ano. Mas Apesar desse mal que ás vezes tenha me perseguido teve dias que conseguir o vencer. Como quando eu participei de apresentações de trabalhos escolares, mesmo a ansiedade não me deixando dormir nas noites anteriores, eu mesmo assim eu fazia. Quando eu lia algo de frente pra minha turma na escola. Quando venci meu medo de ir a lugares, de conversar com pessoas desconhecidas, e demonstrar alguns dos meus jeitos. 

Nesse ano eu conheci pessoas legais e percebi que as pessoas quais eu andava não eram pra mim o que diziam ser, amigas. Aprendi que não é porque a pessoa, anda contigo, apenas para não lhe deixar só e te chama de amigo é verdadeiramente seu amigo. A palavra amizade, tem alguns significados que vai mais além que essas coisas. Amizade é confiança, é aceitar o outro como é, é também ser sincero. Não vi isso em algumas pessoas e em alguns momentos foi triste, e indiferença delas que eu sentira fora pior, o que me tambem fez me sentir muito sozinha. As pessoas que eu conheci todas foram muito legais, eu queria ter tido a oportunidade de conhecer a maioria mais do que realmente pude e tinha conhecido. E vice-versa. 

Nesse ano também me aconteceu alguns perrengues, em casa. Mas Momentos de tristezas são inevitáveis e ainda estou aprendendo a passar por cima desses dias. Porque querendo ou nao, vai acontecer, só temos que usar a cabeça sabiamente para absorver os ensinamentos desses dias ruins, e ter muita paciência. Esse ano foi muito fucking estressante também. Eu acho que antes nunca tinha passado por tanto estresse. Teve momentos que eu achei que as estruturas do meu corpo fossem explodir. Mas estou aprendendo mais sobre ter calma.

Eu também me interessei mais pela arte, e por saber mais sobre. Eu descobrir mundo das fanfics e posso lhe dizer que uma das coisas que mais fiz nesse ano foi ler fanfic. E foram horas muito proveitosas.

Alem de ter criado 3 blog neste ano, antes desse, que no fim eu n me sentira bem. Eu criei o Noitecer, qual me deixou satisfeita por me sentir bem aqui na maioria das vezes, sem aquele sentimento incessante de querer mudar. o q fora muito bom,embora eu não tenha postado a quantidade posts que queria. Minha cabeça se ampliou mais, fazendo largar alguns julgamentos, e deixar de lado muitas duvidas. Eu vivi em uma confusão de dúvidas sobre Deus, e religião tambem. Sei que acredito em Jesus e etc. E acabei o aceitando como e unico salvador. Mas não acredito em tudo que a religião Evangélica propõe, mas ainda sim vou a igreja pra me ter um contato maior com Deus, e entende-lo mais.

Eu não fiz quase nada das coisas que eu disse que faria neste ano. Teve momentos que eu não queria existir e outros, que me senti grata pela minha existência e apesra de tudo pela pessoa que eu sou. Teve mais mudança na minha vida interna do que externa, mesmo.

Este ano pra mim foi moderado. Aconteceu sim momentos que me deixara felizes, momentos que eu queria que nunca acabasse, mas teve outros momentos que eu me sentira sem chão, momentos que eu achara não haver mais jeito. Mas houve jeito, e aprendi que realmente tudo passa, a gente só não pode ficar remoendo coisas do passado, até porque ele já se fora.

Agora 2017 esta chegando ao seu fim. Apesar de tudo, sou muito grata por tudo neste ano vivido., vou levar comigo pro ano seguinte os ensinamentos por mim aprendidos, e os momentos bons, que me arrancaram vários sorrisos

Bye, bye 2017,
Apesar de tudo você foi o q tinha q ser, felizmente ou infelizmente