O Campeonato da Escola - 2017

Na primeira semana de agosto, os dias de voltar com aquela rotina de ir, e voltar da escola, tinha voltado. Mas era a semana que continuaria com os jogos do Campeonato da Escola, onde incluía vários jogos, como: queimada, futsal, peteca, vôlei, jogos de raciocínio lógico, salto a distância, jogos de tabuleiro (Como Dama e Xadrez), ping pong, e alguns outros.. Eu quase desisti de postar esse post, mas como já tinha escrito isso tudo. Resolvi postar, e compartilhar com vocês como foi os jogos do Campeonato. 

No campeonato, todas as salas do Ensino Médio era uma contra ás outras. Cada sala é um time, e diferenciávamos pela cores. - Por exemplo: a cor da minha sala era azul claro.  E todos tinham que estar com a cor da camisa do time, se não, perdia ponto.  - No fim a sala que ganhasse o campeonato, ganhava uma excursão, não sei lá onde. E quem ganhou em algum jogo no 1º lugar, ganhou medalha, ou troféu, ou algum presentinho,

Os padrinhos, do campeonato, e representantes da minha sala, reuniram pra todo mundo fazer a camisa. 2, ou 3, não quiseram fizer. - Mas achei muito bom que a maioria concordou. - A camisa é tipo, camisas que jogadores de futebol usam, ou torcedores. No fim, eu gostei bastante das cores, como do preto, nas laterais, e o azul, de fundo. Das fontes e do estilo. Demoramos, pra decidir como fazíamos, no fim, deu certo, e valeu a pena. Tem o nosso nome atrás, no topo da camisa, e os números escolhidos por cada um, em baixo. 

No campeonato, cada jogo valia alguns muitos pontos, e também tinha as tarefas, - como fazer um cartaz por exemplo - com o tema "Como fazer a diferença". As tarefas tinham bastante pontos, e eu não sei o que aconteceu que, fizemos apenas, o cartaz, e a bandeira da sala - acredito eu - as outras 3, 4, tarefas, não fizemos. - Acho que isso foi uma desorganização, dos padrinhos, e representantes da sala, por não terem avisado aos demais colegas, sobre. Mas tudo bem, - apesar de termos perdido bastante pontos, por causa disso, pois são os que mais valia.

No começo fiquei meio relutante, porque precisaria de mais meninas para participar do futsal feminino, e eu não queria jogar. - Eu não sei jogar futebol, direito - Mas eu vi que realmente alguém precisava entrar pro time de futsal - para pelo menos completar, - acabei concordando em jogar, se pelo menos eu fosse a goleira - sou péssima chutando a bolando, nem sei porque eu quis ser a goleira.

Eram apenas 6 meninas para jogar no futsal, pelo fato de nem todas serem realmente boas, tinham os reservas. Eu fiquei um pouco chateada pelas minhas "amigas", não terem jogado, nem para ajudar. Elas nunca jogaram assim - nem eu - e ficaram com um certo receio disso. Eu as entendo, mas podiam ter pelo menos tentando, acho que elas seriam melhores que algumas meninas do time.

O campeonato foi apenas de 1 semana e alguns dias, - antes do recesso. -  Além de eu ter jogado futsal, joguei, em todos os jogos da nossa sala, de queimada. - Eu era aquela que sempre desviava da bola, se eu conseguia pegar a bola, eu mandava bem alto pro cruza, porque, né? não vamos perder o risco de perder.- A nossa sala, estava recebendo vários hate - isso quer dizer que tinha várias salas odiando a gente. - Antes mesmo do campeonato começar, eu e as meninas tínhamos treinado futsal na escola, em uma aula vaga, contra uma sala, e estávamos até que indo bem. - Estavam até falando em jogar macumba na gente - Deus é mais! Ouvir dizer que as outras demais, salas, não iam mesmo com a nossa cara, por causa também de alguns dos nossos colegas. - Ué? o que o restante tem haver?

No começo  do Campeonato a minha sala estava indo bem nos jogos, - já explica o hate -  mas não sei o que aconteceu, que perdemos no nosso penúltimo e último jogo de queimada. Várias meninas e meninos de outras salas, torceram contra a gente no nosso penúltimo jogo, nos vaiava, e falavam um monte de merda. As energias negativas pegaram em todos do meu time, e a gente acabou perdendo. No último jogo, foi a mesma coisa, mas o carinha que estava lá para contar os pontos, e ditar as regras (Juíz), fez uma injustiça com gente. Ele falava quase o tempo todo que a gente tinha pisado na linha ao jogar a bola - isso não é válido no nosso jogo - e isso faria com que tivéssemos que entregar a bola para o time adversário - Foi uma injustiça, pois ás vezes não tínhamos pisado na linha e ele como manda, mandássemos que entregássemos a bola para o nosso adversário tacar, e acabarmos perdendo - o que foi mesmo o que aconteceu. - Ele era amigo de um menino, - a qual tenho ressentimentos, pelos jogo de futsal - e e isso explica ele cometer essa injustiça. Eu e meu time, ficamos indignados. - Nessa queimada que jogamos, eu fui finalmente queimada, o que não fez muita diferença, já que a maioria tinha sido, queimado.

Antes do campeonato de futsal feminino começar, eu e as meninas tentamos várias vezes, treinar, sem ser na escola. - A maioria das tentativas, foi sem sucesso, pois sempre alguma tinha compromisso - No nosso primeiro jogo, perdemos por 2x0, jogamos mais uma vez no mesmo dia, e por um milagre, ganhamos de 1x0. Nesse jogo eu realmente estava focada, eu não deixei um monte de bola difícil não ultrapassar a rede. - Quase quebrei meu dedo, galera  - Tinha jogadoras boas no outro time. Recebi vários elogios - me perguntei se aquilo era real. - Nesse dia fiquei toda dolorida, por causa do meu sedentarismo, e no outro, e outro também, mas a dor foi diminuindo. -  Agora falando nos outros jogos dias depois, nem orando deu muito certo. Um dia antes dos jogos de futsal acontecer, treinamos em uma quadra na pracinha aqui no bairro. Foi bom o treino, mas a gente tinha muito o que melhorar. Achamos que os jogos de futsal feminino, aconteceria no dia depois, mas na verdade foi 2 dias depois. No primeiro jogo, empatamos de 1x1. - Pelo menos isso - no segundo.. Nem se fala.. Perdemos de 2x0. Jogamos contra as meninas da sala verde. - Maldita sala Verde, eles ganharam em quase tudo contra a gente - mas, eu não posso negar que as meninas jogavam bem, mas eu fiquei indignada comigo mesma. Porque eu deixei uma bola muito fácil passar. Mas também se as meninas tivessem lá tentando defender na hora, junto comigo, não tínhamos levado, nenhum gol. - Eu também disse antes que eu não estava apta para jogar, eu estava sentido dores no corpo por causa da minha cólica, e que seria melhor me substituir, mas quem me ouviu? pelo menos tentei. Também não adianta eu me auto-culpar. A culpa foi do time todo, na verdade não há quem culpar, ás vezes tinha que ser, fazer o quê? Quando eu estava jogando o último jogo, um menino um tanto insignificante, que foi da minha sala no ano passado, é da sala do time feminino que estava jogando contra á minha. No momento em que eu estava jogando, ele me disse um monte de palavras destrutivas, enquanto eu jogava. Ele ficava por de trás da trave, me diminuindo. Os meninos da minha sala diziam, para eu não ligar. Eu não liguei muito, mas ele conseguiu aumentar o meu nervosismo, desviando muito o meu foco na bola. Falar com o diretor, que foi nosso juíz, não teve muita importância. Ele falou, pro menino várias vezes sair, de lá, mas quem disse que ele saiu. Eu fiquei um pouco chateada com isso. Por que ele mesmo dizia, que estava acabando com o meu psicológico, dizendo aquelas coisas horríveis, enquanto eu jogava, enquanto eu tentava focar no jogo. Apesar de eu ter ficado com raiva dele na hora, eu senti pena dele. Porque ele estava sendo uma pessoa horrível. Ele pode até ser um menino extrovertido, fazer várias amizades, e não sei o quê mais de bom.. Mas pessoas como ele, que tentam diminuir as outras do jeito que ele fez comigo, - só para ganhar -  e do jeito que ele faz com os "amigos-não-verdadeiramente-amigos" dele, nunca vai pra frente. Ele pode até ter auto-estima lá em cima e achar que vai ter tudo nas mãos dele. Mas no fim não vai ter nada, só um buraco vazio no peito.. Lembrei também do menino que disse pra me escutar - na fila do lanche - dizendo: "Ah la goleira lixo do time Azul". Apenas ignorei, e fiquei com a minha cabeça erguida..

Apesar da minha sala ter perdido vários jogos, ganhamos em alguns também. Nós acabamos nem ficando no 3º lugar de qual ganhou no campeonato. Apesar de tudo, acho que tudo valeu a pena. Nossa sala, desde do ano passado, sempre foi desunida, apesar de ter saído alguns, e entrado alguns outros nesse ano, esse campeonato conseguiu nos unir um mais. Eu nunca tinha achado muita graça em futebol, e não entendia, o porque das pessoas, perderem seus tempos, indo á estádios, e torcendo por algo, que só depende de quem joga. Mas agora eu entendo. É confiança no outro. É confiança no time, é união. É saber comemorar até mesmo quando perdemos. É tentar, mesmo que tudo diga não. Ganhou? ótimo ! Perdeu? aprendizado.

Quando as outras salas do nosso ano (2º ano do Ensino Médio), ganharam, eles fazem questão de esfregar na nossa cara, - principalmente o time verde - como se isso fosse nos atingir. No nosso grito de guerra da sala mesmo já dizia: "Na vitória ou na derrota sou azul de coração". Eu admirei muito alguns meninos da nossa sala (204) porque tinha um menino que não tinha condições de comprar a blusa do campeonato. Eles reuniram, as pessoas da sala, para ajudarem a dar dinheiro, para comprar a camisa pra ele. E compraram. Esses dias reuniram todas as pessoas na sala, no grupo do whatsapp, para fazer o picnic, a maioria levou algo para comer ou beber, mas sempre tem aquele, que no momento não tem condições, e alguns meninos reconheceu isso, não deixando ninguém de fora. Os meninos sabem realmente jogar futebol, eles diziam aquelas críticas construtivas, pra nos ajudar antes do jogo, mas quando nós meninas perdemos, eles não procuraram criticar ninguém. Apesar de termos perdido, todos da nossa sala levariam na brincadeira, não á sério. - Igual as demais salas chatas. - Tem umas meninas tão chatas, e blé, sabe? Que estavam querendo até brigar, por causa dessas coisas de campeonato. - É tanta bobeira, que me pergunto se eles estão no Ensino Médio, ou no Fundamental..

No Fim do Campeonato, a maioria das salas do 3º ano, tinha ganhado várias coisas. E uma sala do 1º ano ficaram em os 3 ganhadores também. Nós do 2º, ficamos indignados, tinha sala, que não fazia quase nada, e ganharam o campeonato ainda. Mas, como eu tinha dito, o que valia mais era as tarefas, e acho que é por isso que nenhum do 2º ficou entre os ganhadores. Teve até premiação, de quem tinha ido bem na queimada, no futebol - como: artilheiro(a) e goleiro(a) - e nos outros jogos. Alguns ganharam medalha e um troféuzim, outros ganharam medalha e um presente, e outros só medalha mesmo.

No fim - apesar de termos perdido - não adiantou nada as outras salas do 2º ficarem nos odiando, e falando coisas insignificantes, pois nenhuma sala do 2º, ganhou.

A nossa camisa do Campeonato foi muito elogiado pelos professores da escola. A camisa da minha turma foi há que mais se destacou. Não é julgando, mas a dos outros times, ficou igual aquelas camisas de times, normais. Por isso que acho que a nossa foi a mais de diferente, não procuramos fazer exatamente igual aos demais modelos de camisetas já existentes. - O legal é que sempre ficávamos juntos no campeonato. Só via os azuzim, juntos torcendo com a enorme bandeira. O nosso grito de guerra foi muito legal, e engraçado. Tudo valeu a pena!

Se você leitor(a), teve a paciência de ler até aqui, muito obrigada♥!


2 comentários:

  1. sinto muito por essas pessoas que ficam desejando o mal. mas tu se divertiu, afinal! <3

    ResponderExcluir